Pesquisar neste blog

25 de mar de 2012

Fatores de risco para a Saúde Mental Infantil e Fatores de risco para um baixo desempenho escolar.


Dados da pesquisa Nacional do Projeto Atenção Brasil.

A análise estatística identificou os seguintes fatores de risco para Saúde Mental na amostra avaliada:

1. Sexo masculino: meninos apresentam um risco 1,6 vezes maior que meninas;

2. Adolescentes apresentam um risco 1,4 vezes maior do que crianças;

3. Filhos de pais separados apresentam um risco duas vezes maior;

4. Crianças e adolescentes que não moram com um ou ambos os pais apresentam risco 3,2 vezes maior;

5. Baixo grau de instrução do chefe da família (de analfabeto a ginásio incompleto) representa um risco 3,5 vezes maior;

6. Pertencer a classe econômica baixa (D/E) um risco 3,1 vezes maior;

7. Viver em cidades de grande porte (>500 mil habitantes): risco 1,3 vezes maior do que crianças e adolescentes que moram em cidades pequenas (<100 mil habitantes);

8. Se a mãe usou substâncias durante a gestação da criança: tabaco um risco de 1,8 vezes e álcool de 2,4 vezes maior;

9. Se a criança ou adolescente é incapaz de adiar recompensas um risco 3,2 vezes maior;

10. Baixo desempenho escolar um risco até 5,4 vezes maior.

Fatores de risco para um baixo desempenho escolar

A análise estatística identificou os seguintes fatores de risco para um baixo desempenho escolar na amostra avaliada:

1. Sexo masculino: meninos apresentam um risco 1,7 vezes maior;

2. Adolescentes apresentam um risco 1,6 vezes maior que crianças;

3. Filhos de pais separados um risco 1,5 vezes maior;

4. Crianças e adolescentes que não moram com um ou ambos os pais um risco até 1,8 vezes maior;

5. Baixo grau de instrução do chefe da família um risco até 5,8 vezes maior;

6. Pertencer a classe econômica baixa (D/E) um risco até 4,8 vezes maior;

7. Se para os pais a criança ou adolescente não é feliz, um risco 2,8 vezes maior;

8. Se a mãe usou substâncias durante a gestação da criança: tabaco um risco 1,7 vezes e álcool 1,5 vezes maior;

9. Se a criança ou o adolescente é portador de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, um risco 15 vezes maior;

10. Se a criança ou adolescente é incapaz de adiar recompensas, um risco duas vezes maior;

11. Ter baixos índices de Saúde Mental, um risco 4,8 vezes maior.

Leia  mais: Cartilha do Educador- de domínio público

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita.
Deixe aqui o seu comentário e sugestões de temas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...