Pesquisar neste blog

11 de dez de 2010

PEDAGOGIA - Estudo de Caso - 1

Situação Didática: Avaliação Diagnóstica da Competência Leitora.

Data: 26/2/2010
Aplicadora: Professora
Aluno: Menino, 12 anos, 6º ano do ciclo II
Queixa:  
Nível de leitura muito abaixo do esperado para sua série.
Dificuldade na sequenciação de letras em palavras, com enunciados de problemas matemáticos, na expressão escrita, na elaboração de textos escritos, na organização da escrita, na compreensão de textos e na compreensão da linguagem não verbal. Presença de omissões, trocas e aglutinações de grafemas.  Dificuldade em conseguir terminar as tarefas dentro do tempo. Discalculia. Memória de trabalho prejudicada. Déficit de Atenção.

Encaminhamento da atividade:
Leitura em voz alta pela professora do conto (já conhecido pelo aluno): "A leiteira e o balde de leite".
Leitura silenciosa feita pelo aluno.
Reconto pelo aluno.
Produção textual.

O aluno não recuperou a narrativa. A todo instante solicitou o auxílio da professora. Como o objetivo da atividade era avaliar a competência leitora e escritora (e não a memória) a professora passou a resgatar o texto juntamente com o aluno fazendo com que ele "puxasse" pela memória,  questionando-o e intermediando ao mesmo tempo até que o aluno finalizasse a atividade.

Avaliação didática.
Leitura pela rota fonológica, com extrema dificuldade. Desistia da leitura.
Escrita alfabética. Uso da letra bastão, pois não sabe a letra cursiva. Trocas, omissões/aglutinações, erros por interferência da fala.Não utiliza pontuação medial nem final.


A LEITEIRA E O BALDE DE LEITE

Joana, carregando na cabeça um balde de leite, dirigia-se rapidamente para a aldeia. A fim de andar mais depressa, tinha posto uma roupinha ligeira e sapatos bem cômodos.
Ia leve como o vento. Em seu pensamento, já estava vendendo o leite e empregando o dinheiro.
– Compro cem ovos e ponho a chocar. Posso muito bem criar pintos ao redor da casa. Quando crescerem, vendo todos e tenho um bom lucro. Com esse dinheiro, compro um leitãozinho. Em pouco tempo, terei um porco bem gordo, pois só comprarei se o leitão já for gordinho. Cobro um bom preço pelo porco e compro uma vaca. Terá que vir acompanhada de seu bezerrinho. Será uma graça vê-lo saltar pelo quintal.
Joana entusiasmada, saltou também. O balde caiu da sua cabeça, e o leite derramou-se no chão. Adeus bezerro, vaca, porco, leitão, ninhada de pintos!
A pobre Joana voltou para casa, com medo que o marido brigasse com ela.
– É fácil fazer castelos no ar, pensava. Nada mais gostoso. Na minha imaginação posso virar rainha, usar uma coroa de diamantes e ter súditos que me adorem. Nada disso dura muito: uma coisa à-toa acontece, e volto a ser Joana Leiteira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita.
Deixe aqui o seu comentário e sugestões de temas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...