Pesquisar neste blog

1 de mai de 2010

Como anda a saúde mental de nossas crianças e adolescentes? "Congresso Aprender Criança - 2010"



Para que ocorra a aprendizagem o ser humano precisa de algumas condições básicas como:
  1. ter o  organismo em condições físicas que possibilitem a aprendizagem;
  2. Um ambiente estimulante, motivador,  com material potencialmente significativo que desperte o interesse e a curiosidade;
  3. Estrutura cognitiva apta a estabelecer relações e
  4. Uma estrutura psíquica íntegra, capaz de suportar o desejo de aprender.
Crianças e adolescentes encontram obstáculos na vida acadêmica por conta de vários fatores, dentre eles estão as dificuldades de aprendizagem e/ou  um comprometimento em alguma das condições básicas descritas acima.

Em minha profissão tenho contato diário com crianças e adolescentes que  fracassam na escola por conta das dificuldades, distúrbios e/ou transtornos de aprendizagem. Essas crianças e adolescentes não entendem o "porquê" desse fracasso. Muitos se consideram "burros"(sic) e diferentes dos demais alunos do seu grupo. Acreditam serem incapazes de aprender e acabam por desenvolverem baixa auto-estima.


Muitos alunos apresentam dores crônicas de cabeça; déficits visual, auditivo, motor e etc. Na maioria dos casos os seus  professores e os responsáveis por eles não percebem a relação desses sintomas com as dificuldades de aprendizagem.

Por conviver com a realidade dessas crianças e adolescentes busco meios para auxiliá-los e um meio que encontrei foi participar como pesquisadora voluntária do PROJETO ATENÇÃO BRASIL do Insituto GLIA, para que pudesse ter em mãos informações fidedignas da real situação mental de todos os que foram avaliados na escola em que trabalho.

O objetivo principal do Projeto é avaliar aspectos relativos ao desenvolvimento e Saúde Mental infantil.

O Projeto teve uma taxa de resposta de 75,5%, taxa de "primeiro mundo", como afirma o Dr. Marco Antonio Arruda, com uma amostra de 8.649 crianças e adolescentes de 22 estados brasileiros.

Os resultados do projeto "são dados inéditos e de grande impacto que retratam de forma cristalina e atual a criança e o adolescente brasileiros. Dados que podem viabilizar medidas imediatas de prevenção e intervenção em nas áreas de Saúde e Educação.", (Dr. Arruda) e a divulgação desses dados será no CONGRESSO APRENDER CRIANÇA 2010, a ser realizado no Centro de Convenções de Ribeirão Preto de 06, 07 e 08 de agosto de 2010.

Convido todos educadores a participarem do Congresso.

Clique  aqui para acessar a programação


Clique na imagem abaixo para fazer a sua inscrição.





 O Instituto Glia é uma empresa especializada na área de Neurociências aplicadas à Educação.
DR. Marco A. Arruda : É diretor do Instituto Glia de Ribeirão Preto onde tem sua clínica privada atuando nas áreas de Neurologia da Infância e Adolescência e de cursos de capacitação profissional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita.
Deixe aqui o seu comentário e sugestões de temas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...