Pesquisar neste blog

5 de jun de 2009

Dislexia de leitura - Tratamento

A abordagem é sempre multidisciplinar, sendo que a contribuição oftalmológica é feita pela correção refracional e avaliação ortóptica, que são habitualmente realizados como parte de um exame oftalmológico padrão.

Exame Neurofisiológico do Processamento Visual, que é feito além do exame padrão. Ele é composto pelo Exame Dinâmico do Processamento Visual, da Avaliação da Qualidade de Visão em que se estima as habilidades de visão de acordo com a grau de luminância ( fotossenbilidade & visão noturna), estereopsia (visão em profundidade), campo visual de leitura ativa, fixações, regressões, movimentação de retorno ao final de cada linha de leitura, coordenação interocular, relação entre eficiência de leitura e compreensão. Após esta análise emite - se um Diagnóstico Padrão de Leitura e Cognição – o DPLC, que servirá como referencial na caracterização da Dislexia de Leitura e no acompanhamento da evolução escolar e profissional.

A sensibilidade a certos comprimentos de onda (no Método Irlen chamada de Síndrome Scotópica ou SS) provoca distorções no processamento pós-retiniano fazendo com os impulsos elétricos cheguem ao córtex cerebral em momentos distintos, com perda da qualidade da interpretação visual. Uma vez caracterizada a Dislexia de Leitura é feita uma avaliação psicofísica dos sintomas visuais à leitura, com variações de intensidade e luminância pela escolha de Filtros Seletivos da luz visível - comprimentos de onda entre 390 a 760 nanômetros – e da luz não visível como os infravermelhos e ultravioletas.

Ao final do Exame Neurofuncional é feita a prescrição de Filtros Seletivos ou de Lâminas Seletivas para a filtragem espectrofotocromática seletiva. As Lâminas Seletivas (em número de 10) são utilizadas para atividades de Leitura obtendo grande melhora na velocidade, fluência, compreensão e tolerância à manutenção da atenção e foco por tempo prolongado o que, antes de seu uso, era praticamente inexistente dado o grau de desconforto apresentado pelos portadores da Dislexia de Leitura.

Os Filtros Seletivos, selecionados a partir de uma gama inicial de 100 cores, são combinados entre si para detectar quais deles interferem no processamento visual que causa os sintomas da Dislexia de Leitura. Estas combinações são então transferidas para os Óculos com Filtragem Seletiva. Estes óculos são usados para ampliar o ajuste neurovisual nas áreas da matemática e em atividades de cópia, escrita, soletramento, uso de computador, direção de veículos, esportes, percepção em profundidade etc. As combinações são infinitas para o tratamento do comprimento de onda exato em que o distúrbio neurovisual se manifesta em cada indivíduo.

Estes filtros são adicionados separadamente em justaposição e sem fusão em uma única cor final. Estes comprimentos de onda são posteriormente aferidos por tecnologia a laser de rubi.

Fonte:
Hospital de Olhos de Belo Horizonte

4 comentários:

  1. Este blog é fantástico. Parabéns pelo trabalho. :)

    Abraços!!!

    Karina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karina, seja bem-vinda!
      Muito obrigada pelo comentário. Espero contribuir compartilhando conhecimento.
      Abraços
      Norita

      Excluir
  2. Olá, minha filha precisa fã,er esses exames,. Tem dislexia,,, preciso saber se é gratuito.obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiana Cassia, obrigada por entrar em contato. A avaliação não é gratuita, mas o tratamento é de baixo custo. Por gentileza, entre em contato por telefone e explicarei sobre o protocolo.
      Um abraço
      Norita

      Excluir

Obrigada pela sua visita.
Deixe aqui o seu comentário e sugestões de temas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...